EDIFÍCIO L. TORRES

LISBOA, 2017

Tendo como ponto de partida um lote devoluto, numa zona consolidada da cidade, projecta-se um edifício de raiz, onde se desenvolvem 12 pisos de carácter habitacional e uma fracção de serviços ao nível térreo.

 

Num lote extremamente reduzido para o programa em causa, os corpos balançados da fachada principal surgem, como elementos de destaque, procurando captar e integrar-se na heterogeneidade da envolvente existente, através da desconstrução das varandas, que variam em dimensão.

Na fachada posterior, destaca-se o elemento das escadas circulares, assim como o logradouro, ao nível térreo, no qual se estabelece uma zona ajardinada para fruição de carácter público. Aqui desenvolve-se uma rampa circular, que dá acesso aos pisos de garagem.

 

Projecto em desenvolvimento